sábado, 15 de setembro de 2012

O ter


Esses dias fomos a um jantar dançante e fiquei observando meu filho. Tinha uma pista de dança, com aquele globo brilhante, luzes e fumaça e etc. Quando o DJ começou a tocar e ligou tudo, ele ficou paralisado! Dizia: “Quiniiiiito!!!!!!” repetidamente! (Tradução: Que bonito!)
Lembro de pensar comigo mesmo: Porque perdemos essa capacidade de nos surpreender com as coisas? Quando que aprendemos a ficar tão frios e inertes a tudo?
Ser criança é bom por causa disso, tudo é uma surpresa, tudo é divertido, tudo é novidade.

Nós já “amadurecidos” que tanto já vivemos, passamos pela nossa infância, esquecemo-nos do que é a delícia de se maravilhar com pequenas coisas: uma borboleta grande e colorida, ou um pula-pula, ou simplesmente, uma folha de papel com um desenho p/ colorir.
Ás vezes nos pegamos admirando uma bela paisagem, ou mesmo uma bela obra de arte e falando no nosso íntimo: Que beleza, que graça! Como Deus é bondoso em nos proporcionar ver isso. – Mas a verdade é que logo nossos olhares escapam p/ outro foco e nem lembramos mais daquilo que nos fascinava.

Quantas vezes queremos tanto uma coisa e depois ela se torna comum a nossa rotina. Sonhamos com a casa própria, poupamos ou pagamos por anos, tanto a desejamos, ficamos imaginando-a, ou mesmo contruímos-a com o suor do nosso trabalho e do nosso esforço. Mas quando estamos morando nela, com o passar dos anos, esquecemos como ela foi esperada. É só aparecer a primeira infiltração ou algum problema técnico, que já nos queixamos!

A verdade é que o “mundo de hoje”, nos estraga! É sim, nos estraga! É o markentig do “TER”, não do “SER”. Você trabalha para conseguir mais coisas, mais conforto, e quando as consegue, logo a alegria do objeto recém adquirido some. E ficamos atrás de outra coisa, sempre querendo mais e mais.

Claro que não sou contra essa mecânica quando se trata de sonhos. Por exemplo: eu sempre sonhei em me casar e ter filhos. Realizei esses dois sonhos (claro que ainda pretendo ter mais babys!). Agora, meu sonho é criar meu filho com dignidade, disciplina, carinho, vê-lo crescer saudável e inteligente, vê-lo se formar, casar e ter seus filhos. Como diz o filme “Enrolados”:

Rapunzel: Mas e depois, de realizar meu sonho o que farei?
Flynn: Acho que essa é a melhor parte, você vai ter que procurar um novo sonho.

Aí apoio totalmente!!! Rs...

E tem coisa pior que esses “querer insaciável” pelas coisas: quando se trata de pessoas. Tem gente que só sabe “usar” o outro. Entra em uma relação achando que o outro que vai fazer todas suas vontades, quando não o faz, se “livra” deste. Ou aquele chefe que só sabe cobrar, cobrar e cobrar, mas que não dá um estímulo, elogio ou aumento. Ou aquele “amigo” que só te procura na hora que está precisando de dinheiro ou algo seu. Mais uma frase de filme, Piratas do Caribe. O excêntrico capitão Jack Sparrow/Johny Deep (que adoro!) diz:

Só existem 2 motivos para alguém se preocupar com você: Ou ela te ama muito, ou você tem algo que ela queira muito.

Infelizmente...é a verdade! Rs...

Tem aquele “tipinho” que diz: Eu não desisto NUNCA! – Vamos com calma! Sou a favor da perseverança sim! Mas existem coisas que não há como lutar. Não adianta dar murro em ponta de faca! Por exemplo: tentar fazer o outro mudar de time, religião, estado civil, profissão ou qualquer outra coisa. Ou tentar ir contra tudo e contra todos. Isso é burrice, não perseverança! Precisamos escolher bem as batalhas que vamos travar. E se desistimos de uma, comecemos outra então! E assim vamos levando a vida...
 
E tem aquelas pessoas que não se sentem felizes com ninguém! Passam de um relacionamento p/ o outro sem sucesso. Não é o outro que é o problema, é sim a própria pessoa.
Antes de achar aquela “pessoa ideal”, tente ser a pessoa ideal p/ você mesma. Seja feliz consigo mesma primeiramente.

Enfim...acho que isso vale p/ tudo, tanto p/ esse consumismo desenfreado, quando p/ relacionamentos. É preciso saber se amar, se conhecer, se BASTAR. Assim, não ficamos em busca de preencher um vazio que nós mesmos criamos.

Bom fim-de-semana a todos!
Beijooooos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário